• VB Creations

Participantes da Caravana velejam pelo Mar da Galileia

Atualizado: 15 de jun.


O primeiro dia da Caravana Apostólica terminou com um emocionante passeio de barco pelo Mar da Galileia.


O trajeto foi marcado por louvores, orações, mensagens de fé e a celebração de um casamento.


Acompanhe, nos vídeos abaixo, algumas imagens:



Apesar de ser um lago relativamente pequeno Mar da Galileia é o maior de Israel. Tem 19 quilômetros de cumprimento 13 km de largura. É alimentado pelo rio Jordão e está situado a 220 metros abaixo do nível do mar.


É um paraíso de férias para israelenses e turistas. Além de visitar os santuários, os visitantes podem também velejar em barcos de pesca.


Suas águas ficam agitadas devido às tempestades violentas que descem as montanhas que o cercam.


Nos tempos do Novo Testamento, o Mar da Galileia banhava as cidades de Tiberíades, Cafarnaum, Betsaida e Genesaré. É um dos quatro mares de Israel e foi cenário de diversos milagres realizados por Jesus Cristo.


Em suas viagens, Ele tinha o costume de atravessar o Mar da Galileia em um barco reservado por Seus discípulos:


Marcos 3.7 a 9: Jesus se retirou com os seus discípulos para o mar. Uma grande multidão o seguia. Eram pessoas que tinham vindo da Galileia, da Judeia, de Jerusalém, da Idumeia, do outro lado do Jordão e dos arredores de Tiro e de Sidom, porque ouviam falar das coisas que Jesus fazia. Então recomendou aos seus discípulos que sempre lhe tivessem pronto um barquinho, por causa da multidão, a fim de não o apertarem.

Relembre, a seguir, quatro milagres que Jesus realizou na Galileia:

- Jesus acalma a tempestade:


Mateus 8.23 a 27: Jesus entrou no barco e os seus discípulos o seguiram. E eis que levantou-se no mar uma grande tempestade, de modo que as ondas cobriam o barco. Jesus, porém, estava dormindo. Mas os discípulos foram acordá-lo, dizendo: — Senhor, salve-nos! Estamos perecendo! Então Jesus perguntou: — Por que vocês são tão medrosos, homens de pequena fé? E, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar; e tudo ficou bem calmo. E aqueles homens ficaram admirados, dizendo: — Quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem?


- A pesca maravilhosa:


Lucas 5.1 a 11: Aconteceu que Jesus estava junto ao lago de Genesaré, e a multidão o apertava para ouvir a palavra de Deus. Então ele viu dois barcos junto à praia do lago. Os pescadores tinham desembarcado e estavam lavando as redes. Entrando num dos barcos, que era o de Simão, Jesus pediu-lhe que o afastasse um pouco da praia; e, assentando-se, do barco ensinava as multidões. Quando acabou de falar, Jesus disse a Simão: — Leve o barco para o lugar mais fundo do lago e então lancem as redes de vocês para pescar. Em resposta, Simão disse: — Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sob esta sua palavra, lançarei as redes. Fazendo isso, apanharam grande quantidade de peixes; e as redes deles começaram a se romper. Então fizeram sinais aos companheiros do outro barco, para que fossem ajudá-los. E foram e encheram ambos os barcos, a ponto de quase afundarem. Vendo isto, Simão Pedro prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: — Senhor, afaste-se de mim, porque sou pecador. Pois, à vista da pesca que fizeram, a admiração se apoderou dele e de todos os seus companheiros, bem como de Tiago e João, filhos de Zebedeu, que eram seus sócios. Então Jesus disse a Simão: — Não tenha medo! De agora em diante você será pescador de gente. E, arrastando eles os barcos para a praia, deixando tudo, o seguiram.


- Jesus anda sobre as águas:


Mateus 14.22 a 25: Logo a seguir, Jesus fez com que os discípulos entrassem no barco e fossem adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia as multidões. E, tendo despedido as multidões, ele subiu ao monte, a fim de orar sozinho. Ao cair da tarde, lá estava ele, só. Entretanto, o barco já estava longe, a uma boa distância da terra, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário. De madrugada, Jesus foi até onde eles estavam, andando sobre o mar.



Redação

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo